A Praia da Almagreira

Praia situada em Ferrel, a Almagreira deve o seu nome ao almagre, cor da argila das encostas da praia da Almagreira. No século XX houve a tradição de carnaval dos rapazes da vila usarem esta argila para fazer partidas às raparigas e escrever declarações de amor nas paredes das casas. Mas antes disso, conta a […]

Praia situada em Ferrel, a Almagreira deve o seu nome ao almagre, cor da argila das encostas da praia da Almagreira. No século XX houve a tradição de carnaval dos rapazes da vila usarem esta argila para fazer partidas às raparigas e escrever declarações de amor nas paredes das casas. Mas antes disso, conta a lenda d’As Bruxas de Ferrel – livro de Mariano Calado; que foi nesta praia que sete bruxas se uniram e lançaram uma maldição ao local. A lenda fala sobre o inquérito feito pela Inquisição no século XVII à população local, com o fim de desvendar quem seria a bruxa que residia em Ferrel. Este inquérito teve início devido a uma confissão a um padre feita por um militar, que certa noite se deslocava em direção à Atouguia da Baleia e feriu acidentalmente uma mulher com a sua espada. Dadas as estranhas circunstâncias que envolveram tal encontro, presumiu que se tratasse de uma bruxa. Segundo a lenda, a maldição veio a tornar-se real quando na década de 70 do século passado se previu a construção de uma central nuclear em Ferrel.

Por Raquel Hermínio, antropologa e escritora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *